Toy Stories - Crianças Do Mundo Todo e Seus Brinquedos

| |
Maudy - Kalulushi, Zambia/Foto: gabrielegalimberti.com
Depois de mostrar aqui os quartos de meninas do mundo todo (Gabriele Galimberti) e aqui os "quartos" de crianças do mundo todo (James Mollison) eu trouxe para vocês mais um projeto de Gabriele Galimberti para mexer com o seu psicológico. Dessa vez, a fotógrafa retratou crianças ao redor do mundo interagindo com seus brinquedos e assim como Mirrors and Windows  tem fotos muito emocionantes. Vamos ver:



Foto: gabrielegalimberti.com
Puput - Bali, Indonesia

Foto: gabrielegalimberti.com
Alessia - Castiglion Fiorentino, Itália

Foto: gabrielegalimberti.com
Noel - Dallas, Texas

Foto: gabrielegalimberti.com 
Oscar - Bradfortd o Avon, U.K.

Foto: gabrielegalimberti.com
Keynor - Cahuita, Costa Rica

Foto: gabrielegalimberti.com
Allenah - El Nido, Philliphines

Foto: gabrielegalimberti.com
Arafa e Aisha - Bububu, Zanzibar

Foto: gabrielegalimberti.com
Mikkel - Bergen, Norway

Foto: gabrielegalimberti.com
Bethsaida - Port Au Prince, Haiti

Foto: gabrielegalimberti.com
Botlhe - Maun, Botswana

Foto: gabrielegalimberti.com
Lucas - Sydney, Austrália

Foto: gabrielegalimberti.com
Cun Zi Yi Coisa Mais Fofa Do Mundo - Chongqing, China

Foto: gabrielegalimberti.com
Ralf - Riga, Latvia

Foto: gabrielegalimberti.com
Chiwa - Mchijni, Malawi

Foto: gabrielegalimberti.com
Pavel - Kiev, Ukraine

Foto: gabrielegalimberti.com
Kalesi - Viseisei, Fiji Islands

Foto: gabrielegalimberti.com
Ragnar - Reykjavik, Iceland

Foto: gabrielegalimberti.com
Davide - La Valletta, Malta

Acho que é só isso gente. É notável aquele papo do "Uns com tanto, outros com tão pouco.". Eu sei que é chato, é batido mas é a triste realidade do mundo em que vivemos. Eu não tive um critério na hora de escolher as fotos e nem contei, por isso que o post ficou meio grande. Para ver todas as fotos do projeto clique aqui. Então por hoje é só meus amores e até o próximo post!!

Um comentário:

  1. É emocionante ver o tamanho da diferença social-financeira de cada um. Embora uns tem vários brinquedos, miniaturas de aviões grandes; percebemos em contraposto, as outras crianças tem um, dois, três. Além de tudo, ver a situação em a criança está brincando e convive já motivo demais para saber da desigualdade que existe no mundo.

    jessica do donaurbana.blogspot.com

    ResponderExcluir