I Wanna Be... Produtora de Moda

| |


Olá meus amorecos. Estreando uma nova tag aqui no blog: I Wanna Be..., traduzindo: Eu quero Ser... No qual eu vou falar de profissões, suas partes boas e ruins, mitos e verdades e etc... E para o primeiro post da tag, eu vou colocar 5 mitos e 5 verdades sobre Produção de Moda.
Go!


Verdades
1- 24 horas no ar
A produtora de moda trabalha muito! E tem mais: o trabalho não termina quando a produção é finalizda. Ainda é preciso editar o material, enviar créditos de tudo o que foi usado, organizar devolução de roupas etc.
2- Mundo cruel
O mercado é supercompetitivo. Para se destacar, você precisa trabalhar muito e direito! Nessa área, infelizmente, é mais fácil ter pessoas que vão querer puxar seu tapete. Por outro lado, há muita gente que está disposta a ajudar.
3- Liberdade de escolha
Você pode trabalhar como contratada em uma revista, TV ou publicidade e pode escolher a vida de freelancer e prestar serviços para diversos lugares e fazer vários tipos de trabalho.
4- Contato é tudo
Conhecer as pessoas certas é uma das "armas" mais valiosas de uma produtora de moda. São os contatos profissionais que vão ajudá-la a realizar mais trabalhos, além de pderem indicá-la para outros projetos.
5- Sem diploma
A faculdade não é obrigatória, mas a candidata à profissão deve ter uma ótima bagagem cultural. Existem diversos cursos de curta duração que são válidos e ajudam quem quer entrar no meio. É bom lembrar que a exigência de um diploma, mesmo não sendo obrigatório, fica a critério do contratante.

Mitos
1- Muito glamour
A profissão não é tão glamurosa quanto parece. Às vezes, as pessoas confundem esse status com trabalhar com bons fotógrafos, cantores, atores e outros famosos.
2- Pouca grana
Assim como em outras áreas, depende muito da função que você vai desempenhar e onde. No ínicio, é comum fazer estágio com uma bolsa de baixo valor. Pra quem já está no mercado, nos editoriais de moda para revistas, não se ganha muito, mas vale a pena pelo crédito na revista e por trabalhar seu lado criativo. Na publicidade se ganha bem mais, mas você fica sujeita a uma série de condições impostas pelas agências e seus clientes.
3- Sempre linda
É uma lenda acreditar que uma produtora tem que estar sempre impecável, maquiada e com as últimas roupas da moda. Claro, é preciso ter um bom senso, mas o segredo, de forma geral, é apostar em uma produção básica para o dia a dia. Até porque roupas muito elaboradas não são lá muito práticas para colocar a mão na massa (produtora vive correndo).
4- Portinha estreita
Ao contrário do que se pensa, o mercado é grande e tem trabalho para todo mundo. Mas, claro, depende muito mais de você: se for competente e fizer bem o seu trabalho, vai ser reconhecida e não vão faltar projetos.
5- Na faixa
Tem gente que acredita que a produtora ganha montes de roupas de graça. Não é verdade. Pode até acontecer, mas não é regra. Na maioria das vezes, a profissional devolve as peças após as produções.

A profissão tem tudo a ver se você adora moda, cultura, arte, noviddes e tendências. Existem cursos que oferecem  a possibilidade de trabalhar como produtora de moda. Nas faculdades, o mais comum é Moda (dura, em média, 4 anos). O salário inicial é em torno de R$1.500,00 (depende da área: editorial, publicidade, cinema etc.; ou como freelancer).

Gente, adorei contar pra vocês sobre minha futura prfissão reserva pretendo me formar em jornalismo e depois tentar a área da moda, sempre por trás das câmeras, kkk! Espero que vocês também tenham gostado.
Kiss
Nathy

2 comentários:

  1. Adoreei!
    É uma das coisas que eu quero fazer - não sei, ainda estou vendo! Haha :)
    Mas parece bem legal!
    Eu gostaria de jornalismo (como você) e moda. Então... Editora de moda seria uma boa! Trabalhar em revistas ou TV ou blogs... Demais, né?
    Adorei o post, tirou bastante dúvida minha! ;)
    Beeijos... Batom De Framboesa

    ResponderExcluir
  2. Nossa, também já pensei várias vezes em trabalhar como editora de moda.

    ResponderExcluir